A Aplicalidade da Flipped Classroom no Ensino de Física para Turmas da 1ª Série do Ensino Médio

Nome: Vitor Jurtlero de Freitas
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 18/12/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Thiéberson da Silva Gomes Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Eduardo Viana Gáudio Examinador Externo
Gustavo Viali Loyola Examinador Interno
Thiéberson da Silva Gomes Orientador

Resumo: O método ensino da flipped classroom tem alcançado uma penetração cada vez maior nas mídias e salas de aula pelo mundo. Nos últimos 3 anos os jornais New York Times e Washington Post publicaram um total de 20 artigos relacionados ao tema. A Flipped Learning Network, comunidade online voltada para a divulgação, capacitação e integração de professores interessados na inversão da sala de aula possui mais de 20.000 membros e realizou em julho de 2015 sua oitava conferência anual de flipped, na Universidade Estadual de Michigan. A flipped classroom, ou sala de aula invertida, baseia-se na relocação do papel da palestra instrucional para fora do ambiente escolar, através da utilização de vídeo-aulas online, e na aplicação do dever de casa dentro da sala de aula por meio de atividades cooperativas e colaborativas baseadas na active learrning. O objetivo dessa inversão sala de aula x dever de casa é aproveitar o tempo que seria gasto em sala com a exposição do conteúdo para desenvolver a compreensão desse conteúdo através de atividades mediadas pelo professor. Esse trabalho relata a implementação da flipped classroom para o ensino de conceitos físicos em cinco turmas da primeira série do ensino médio de uma escola pública. Nele, desenvolveu-se um estudo de caso com o objetivo de compreender as percepções dos alunos e do professor frente a esse método de ensino. Recorreu-se para a coleta de dados a instrumentos qualitativos, como entrevistas semiestruturadas e o inquérito por questões abertas e a instrumentos quantitativos como o inquérito por questões fechadas com escala do tipo Likert e a categorização das repostas presentes nas atividades desenvolvidas. O estudo permitiu concluir que: (i) o método de ensino da flipped classroom se provou eficaz para promover motivação ao ensino de física; (ii) as redes sociais demonstraram-se eficientes como um ambiente virtual de aprendizagem; (iii) as atividades baseadas na active learning criaram um ambiente de colaboração para a construção do conhecimento; (iv) os alunos envolvidos neste estudo apresentaram uma dependência considerável da figura do professor para o desenvolvimento das atividades propostas. (v) o método de ensino levou o professor a assumir um papel de mediador na construção do conhecimento.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras | Vitória, ES -Brasil | CEP 29075-910